idoso
 

foto: google

 

Terapia Holística atua no campo energético, portanto objetiva cuidar, harmonizar, equilibrar a saúde dos corpos físico, mental e espiritual em sua totalidade. Dessa forma,  afirma-se como uma alternativa favorável  para a melhoria da qualidade de vida do idoso amenizando os efeitos do envelhecimento. Entre as técnicas oferecidas a esse público, a aromaterapia oferece um ambiente agradável, de resposta sensorial rápida e positiva ajudando na qualidade de vida e nos cuidados paliativos de quem já enfrenta processos enfermiços. Gill Farrer em A Bíblia da Aromaterapia descreve de forma detalhada sobre o alcance e benefícios deste importante recurso terapêutico.

CUIDANDO DE IDOSOS COM AROMATERAPIA

por Gill Farrer- Hall

Cuidar dos idosos pode ser gratificante e um número crescente de aromaterapeutas estão trabalhando no atendimento de idosos em casas de repouso ou em departamentos de hospital conveniados.

Se você tem um parente ou amigo idoso, você pode lhes oferecer alguns tratamentos de Aromaterapia simples. Carinho e toque são particularmente importantes para os idosos, e neste aspecto da Aromaterapia deve ser sua principal referência.
Embora os tratamentos de Aromaterapia possam ajudar as dores dos idosos, por serem valiosos e valem a pena por si só, a velhice e a decadência do corpo são frequentemente acompanhadas de medo e solidão; e sua companhia, um ouvido amigo e atenção cuidadosa serão muito bem-vindos.

Orientações de segurança:

1 – Quando se trabalha com os idosos, utilizar apenas metade da percentagem normal dos óleos essenciais utilizados para adultos. À medida que envelhecemos, nosso metabolismo fica mais lento e a nossa pele torna-se frágil; por isso é prudente usar baixa diluição. Manobras de massagem também precisam ser mais delicadas, mais leves e mais suaves.

2 – É importante a escolha de óleos essenciais que a pessoa idosa goste. Alguns idosos – especialmente os homens – não gostam de aromas florais; e vão se sentir mais seguros com eucalipto e outros óleos essenciais medicinais, com cheiro familiar. No entanto, para aqueles que são receptivos, os óleos essenciais vibrantes, exóticas e florais podem trazer de volta memórias e despertar os sentidos.

3 – As pessoas idosas não devem ser solicitados a se despir totalmente. Massagens nos pés, pernas, mãos e braços são benéficos para dores nas articulações e melhoram a circulação. O pescoço e os ombros podem ser massageados com um ligeiro ajustamento de roupa. E escalda-pés com óleos essenciais estimulantes muitas vezes são bem-vindos, especialmente no inverno.

4 – Idosos frequentemente têm problemas para dormir e, geralmente, precisam dormir menos, mas com mais freqüência. Para auxiliar na insônia, colocar óleos essenciais calmantes, sedativos no banho antes de dormir, em um difusor ou spray de ambiente, ou um par de gotas em um tecido ou na fronha do travesseiro. Lavanda e bergamota são muitas vezes apreciados por pessoas idosas, e ylang-ylang, sândalo, neroli, cedro, jasmim, rosa absoluta e rosa otto serão todos bem-vindos.

*Farrer-Halls, Gill – The Aromatherapy Bible – Sterling – 2005 – páginas 216 e 217

Quer saber mais e como posso te ajudar nesse momento?

Entre em contato e marque um horário:

marestelares@gmail.com

Maris Stella Schiavo Novaes s-logo-solid

77 99160 5207 whatsapp

Anúncios