por Maris Stella

E o que é a vida senão esse movimento de calmaria que de repente se despenca em abismos que na mesma medida em que nos assombra, também encanta, hidrata, abre caminhos em meio às pedras, convida à prosseguir rumo a um destino desconhecido e até por isso, terreno fértil para o exercício da esperança?

Anúncios