por Maris Stella

mergulhar-em-si-mesmoAs sensações de impotência, raiva, revolta, choque, vazio, angústia e inconformismo são inevitáveis e causam sintomas físicos. Se no início o desespero parece que nunca terá fim, ao longo do tempo, porém, é possível recuperar a vontade de seguir adiante. Demora, é um processo geralmente longo, mas viável, segundo especialistas. Para a terapeuta de luto Adriana Thomaz diante da morte de filhos readaptar a vida é mais difícil, para os pais, afinal, ” os laços afetivos não são rompidos, produzindo sentimentos como tristeza, medo e insegurança. As perspectivas são transformadas, os pais não veem mais sentido na vida. Perde-se o futuro presumido e o prolongamento de si mesmo na figura do filho”.

De qualquer maneira, para superação depende do quanto você está disposta investir na busca por si mesma.

#‎mentenova‬ ‪#‎fitobenzimento‬ ‪#‎existaplenamente‬

Anúncios